Buscar
  • Dra. Rita Queiroz Sabbag, farmacêutica

QUALIDADE, MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL

Conheça as certificações e o Sistema de Gestão Integrado da Farmácia Queiroz



A Farmácia Queiroz, através do seu Sistema de Gestão Integrado e de suas Boas Práticas de Fabricação e atendimento à legislação, garante a qualidade de seus produtos e serviços e respeito ao meio ambiente. Isso se dá através do cumprimento dos requisitos normativos das normas ISO 9001:2015 (Sistema de Gestão da Qualidade) e ISO 14001:2015 (Sistema de Gestão Ambiental).

Mas não para por aí. Pensando sempre na melhoria contínua do seu Sistema de Gestão e da própria Organização, a Farmácia Queiroz obteve recentemente a certificação em Responsabilidade Social, através do cumprimento dos requisitos da norma NBR 16001:2012.

Mas o que é

Responsabilidade Social?

Em 2010, a International Organization for Standardization - ISO, entidade que coordena a elaboração de normas técnicas Internacionais de diversos assuntos, publicou a ISO 26000, com Diretrizes sobre Responsabilidade Social, e envolveu diversos países e organizações que atuam no tema. Entre elas, estão a Organização Mundial da Saúde - OMS, Global Reporting Initiative - GRI, Pacto Global da Organização das Nações Unidas - ONU, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE), que garantem a legitimidade necessária para um assunto tão complexo e abrangente como o da Responsabilidade Social.


A definição cunhada pela ISO 26000, e também adotada na norma Brasileira ABNT NBR 16001 é a de que a Responsabilidade Social é a responsabilidade de uma organização pelos impactos de suas decisões e atividades na sociedade. Isso se dá no meio ambiente por meio de um comportamento ético e transparente que: contribua para o desenvolvimento sustentável, inclusive para a saúde e o bem-estar da sociedade. Deve-se levar em consideração as expectativas das partes interessadas, estar em conformidade com a legislação aplicável, ser consistente com as normas internacionais de comportamento e integrar toda a organização e seja praticada em suas relações.

Em 2004, o Brasil já havia publicado uma norma sobre Responsabilidade Social, a ABNT NBR 16001, que foi atualizada em 2012, à luz da ISO 26000, contemplando suas Definições, Princípios, Temas Centrais e Questões.


A Norma Brasileira difere da Norma Internacional porque, enquanto a ISO 26000 traz orientações, diretrizes e não é elegível para certificação, a ABNT NBR 16001 é uma norma de requisitos, os quais são obrigatórios para quem declarar segui-la, resultando em certificação por auditoria externa.


A ABNT NBR 16001 colocou grande parte das diretrizes da ISO 26000 em uma linguagem apropriada às organizações, como por exemplo, a linguagem de sistema de gestão já utilizada pela Farmácia Queiroz através das normas ISO 9001 e ISO 14001. Isso tornou possível a incorporação dos requisitos da Responsabilidade Social de maneira integrada e coerente o que resultou nesta certificação.


O resultado foi a comprovação do nosso compromisso com os clientes e com demais partes interessadas, regradas pelas normas e princípios como Accountability ou Responsabilização, Transparência, Comportamento ético, Respeito pelos interesses das partes interessadas, Respeito pelo Estado de Direito, Respeito pelas Normas Internacionais de Comportamento e Respeito aos Direitos Humanos.


Dentre os benefícios trazidos pela integração das normas, pode-se destacar a transparência e o clima organizacional mais saudável, a padronização dos processos, fortalecimento da imagem da empresa, melhores práticas de gestão, melhoria no fluxo da informação, diminuição dos riscos de acidentes ambientais, aumento da satisfação de colaboradores e clientes.


“Ao adotarmos medidas de responsabilidade social, reforçamos o nosso compromisso com a sociedade e com os valores declarados em nosso Código de Ética, contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa, uma liderança sustentável para a preservação do meio ambiente”, diz a farmacêutica Rita Queiroz Sabbag, diretora da Farmácia de Manipulação Queiroz.

0 comentário